FALE CONOSCO 049 99804 4550
Postado em 18 de Julho às 15h16

Atleta Elisa Lamego retorna os treinos!

Corrida (3)
  • Vidas Corridas -

Elisa Lamego retoma os treinos após ficar um mês com Chikungunya.

Elisa Lamego do Rio de Janeiro, integrante da seleção skyrunningbrasil de 2018 e 2019 é atleta de montanha apoiada pela Vidas Corridas e Salomon Brasil. Elisa mantém uma rotina de treinos e alimentação inusitados: é adepta do estilo de vida e alimentação higienista frugívoro. (Para quem quiser entender mais, só dar um pulo no perfil dela no Instagram @elilamego).

Além dos constantes banhos de sol, bom sono e rotina ativa, mantém alimentação vegana exclusivamente baseada em frutas, folhas e algumas sementes no seu estado natural - cru - sem uso de suplementos ou produtos industrializados.

Na corrida, dentre seus resultados, Eli obteve as seguintes marcas:
- KTR Campos do Jorda?o 2018 (1ª colocada geral feminino nos 21K com 3h22'36" e recorde da prova);
-Ultramaratona dos Perdidos 2018 (1ª colocada geral feminino nos 25K com 2h59'59" e recorde da prova);
-Ring of Steall Skyrace 2018 (Salomon Series & Skyrunning World Championship como representante da seleção brasileira): 28,1K com 2450+ em 4h45'11" (27ª
Colocação feminina de 168 mulheres).

Recentemente Elisa teve seus treinos afetados por ter contraído chikungunya, nossa Skyrunner após um mês parada retomou treinos nas trilhas cariocas na última semana.

Eli aproveitou para testar o seu mais novo Salomon da linha SLab7 SG e afirma: "melhor grip que já tive a chance de testar! Usarei pra próxima etapa seletiva do circuito nacional de Skyrunning" - afirma ela - "certamente um tênis que não deixa a desejar em nenhum quesito. A Salomon tá de parabéns e a Vidas Corridas mais ainda por essa enorme parceria!"

Nesse último sábado, dia 13/7, Elisa retornou às provas Trail e correu os 25K da Ultra dos Perdidos em Curitiba-PR, o percurso faz parte do ranking Skyrunning Brazil na distância Skyrace e ela ficou em 3º geral com 3h09'.
– “Corpo sentiu bem esse ano e aumentei 10' do tempo do ano passado”, comenta Elisa, porém não demonstrou satisfação com os resultados, atribuindo a culpa ao tempo que ficou parada com chikungunya, mas garante que agora vai focar em retomar os treinos e estar melhor ainda para a próxima prova!
 

Veja também

A importância dos longões nos treinos19/01 Tem aqueles que amam os fins de semana por conta dos longões, mas tem, também, os que não podem nem pensar em fazer esses treinos de maior rodagem. Fato é que as corridas longas e contínuas são de extrema importância para quem se dedica à provas com maiores distâncias, como a meia-maratona e a maratona. No caso específico dos 42 km, além......

Voltar para Blog