Fale Conosco+55 (49) 99804-4550
Postado em 08 de Abril às 08h28

PAPO DE PROFISSA: Controlando a ansiedade em tempos de Pandemia

Saúde (21)
  • Vidas Corridas -

Psicologia do esporte e o controle da ansiedade dos corredores

Olá, Corredores!

Espero que você e seus familiares estejam saudáveis, seguros e fazendo sua parte para "achatar a curva" de contágio da pandemia.

Apesar da minha formação acadêmica em educação física e psicologia, venho hoje conversar com vocês principalmente como colega de esporte.

Não querendo salientar o óbvio: Estamos juntos nesta! Você, eu, eles e elas. Minha prova foi adiada, sua prova foi cancelada ou adiada. As olimpíadas foram adiadas para 2021. Corridas ao redor do mundo foram canceladas ou adiadas. Estamos todos juntos nesta situação.

Faz parte da natureza humana sentir frustração quando os planos não seguem de acordo com o que esperávamos. Essa não é a primeira vez que me frustro (e não será a última). Então, pergunto a você: O que nos faz corredores? Que traços desenvolvemos ao longo dos anos que nos transformou em atletas? O que aprendemos com as provas que não fomos tão bem quanto esperávamos? E nos treinos que não saíram de acordo com o que planejamos? E quando tivemos que tratar uma lesão, o que aprendemos com isso? E ainda, nas provas que sofreram alterações de última hora, quais comportamentos precisamos aprender?... A prática da corrida, com todos os percalços inerentes a ela, me ajudou a desenvolver disciplina, resiliência, paciência, otimismo, foco, criatividade, capacidade para resolver problemas e outros traços positivos.

O momento atual nos convida a utilizar vários destes traços pessoais que desenvolvemos através da experiência de correr. Caso decidamos utilizar essas qualidades agora, poderemos estar ao final dessa crise corredores mais fortes. Então, temos uma decisão a tomar: continuar treinando ou tirar férias. Caso você não tenha decidido ainda, considere alguns pontos:

1. Seu treino não foi perdido. Todos os quilômetros que você percorreu na sua preparação são seus. Você rodou, você perceberá o benefício do seu trabalho quando voltar ao seu volume de treino normal.

2. Haverá outras corridas.

3. Toda crise traz oportunidades. Esta pode ser uma ótima oportunidade para você trabalhar seus pontos fracos. Se você escolher identificar suas oportunidades e trabalhar nelas, você será um corredor mais forte e resiliente na sua próxima temporada.

4. Para melhorarmos como corredores, além de correr, precisamos trabalhar outros pilares. Além do condicionamento cardiorrespiratório, que, para muitos, tem sido um fator preocupante neste período de quarentena, temos: técnica, força, mobilidade, flexibilidade, estabilidade, nutrição, descanso e sono, e nosso preparo mental.

Eu poderia listar vários aspectos relacionados ao preparo mental para corredores. Mas hoje, vou focar no controle da ansiedade. A psicologia do esporte nos traz várias técnicas utilizadas por atletas para controlar a ansiedade. Estas técnicas envolvem, por exemplo:

a) Controle da respiração
b) Relaxamento muscular
c) Alongamento
d) Ouvir música
e) Meditação

Um tipo de meditação utilizado é a mindfulness. Mindfulness, ou atenção plena, é um estado no qual estamos totalmente presentes com o que está acontecendo conosco neste exato momento, sem julgamento. Pense na diferença que esta capacidade poderá trazer para a sua próxima prova, sem passado, sem futuro, somente você, existindo a cada passada?
Existem várias formas de se praticar a atenção plena. Uma delas é sentar ou deitar numa posição confortável e trazer sua atenção para a respiração e permanecer prestando atenção nas sensações percebidas durante a inspiração e a expiração. Sem mudar nada. Se algum pensamento surgir, simplesmente o deixamos passar e voltamos nossa atenção para a respiração. Você pode começar com 3 ou 5 minutos por dia e aos poucos aumentar o tempo da meditação. Praticantes relatam que com a prática começam a usar espontaneamente esta técnica em outras horas do dia, assim como em treinos e competições. Além disso dizem se sentir mais calmos, relaxados e focados.

Por fim, quero salientar que, embora estejamos em “distanciamento social”, isso não significa que precisamos ficar isolados. Agora é a hora de nos conectarmos com outros corredores virtualmente para cuidarmos da nossa saúde mental. Marque uma conversa, café ou treino virtual com seu amigo de longão. Estamos todos juntos nesta.

Cuidem-se!
Happy quarantine!

  • Vidas Corridas -

Silvana Meira

  • Treinadora de corrida, CREF: 026100-G/SC. 
  • Graduada em Educação Física pela UFPR e em Psicologia pela University of California, Berkeley.
  • Certificada Life Coaching, Personal Training e Treinamento Funcional para corredores.
  • Atleta de atletismo (Heptatlo) e há 15 anos participa de corridas de rua e trilha em diversos países.

Comentários!

Comentários

Seja o primeiro a comentar! : )

Veja também

CORRIDA E DESCANSO: Como o descanso é fundamental - Parte I29/10/19DORMIR É FUNDAMENTAL!      A corrida e descanso são dois pontos fundamentais para um melhor desempenho num treinamento de corrida. Poucos corredores dão atenção devida para essa combinação. Além disso, a questão psicológica e emocional são outros fatores pouco considerados para melhorar seu treinamento de corrida.       Muitas vezes......
PAPO DE PROFISSA: Você sabe o que é Baropodometria? 10/08Você já ouviu falar? Conhece a importância dela para o corredor? O corpo humano é uma estrutura de alta complexidade, semelhante a uma edificação. Em nosso conjunto de sustentação, temos músculos, tendões, fáscias, ligamentos e ossos. E assim como um prédio, ao......
AVALIAÇÃO CLÍNICA PRÉ PARTICIPATIVA11/03Fala Corredor! Se liga no texto e pega a DICA! A palavra “lesão” na vida do corredor é algo muito temido e infelizmente muito frequente. Não existe atleta que em toda sua carreira, não tenha passado por inúmeras delas. Por outro lado, a maioria das......

Voltar para Blog

  • Vidas Corridas -