Fale Conosco+55 (49) 99804-4550
Postado em 02 de Fevereiro às 11h30

PAPO DE PROFISSA: Controle motor e lesões estruturais, qual a relação?

  • Vidas Corridas -

O movimento humano é algo fantástico. Nosso corpo é o mais especializado e adaptado para realizar funções como a de caminhar longas distâncias e correr de forma mais eficiente. Controle motor consiste na integração de vários sistemas do corpo. Podemos compará-lo a um computador, onde existe o hardware, que seria a estrutura física e que podemos comparar com nossa estrutura corporal, como o sistema muscular. O software interpreta todas as ações e comandos enviados aos programas que vão ser utilizados, ou seja, como nosso sistema nevoso central e periférico.

A integração desses sistemas ocorre desde o nascimento, transitando no desenvolvimento da criança, mostrando a maturação em cada fase do desenvolvimento. Nos recém nascidos as curvas da coluna não estão bem definidas dependendo dos estímulos externos como brincadeiras e espaço físico adequado para criança se desenvolver de forma saudável.

Movimentos com engatinhar, arrastar, rolar, ficar de cócoras são essenciais, principalmente no primeiro ano de vida, garantindo um desenvolvimento de todas as habilidades do nosso corpo. O desenvolvimento das estruturas musculares é muitas vezes estimulado pelo movimento que são peças fundamentais para a formação de estruturas ósseas saudáveis.

Depois de introduzir um pouco sobre controle motor ou controle do movimento, a função de integração multissensorial, imagem corporal e noção espacial, geram a capacidade de realizar os movimentos de forma mais precisa evitando COMPENSAÇÕES.

O movimento considerado adequado é aquele que realizamos com os músculos que precisam ser ativados e relaxados no momento ideal gerando o movimento de maior qualidade. A percepção do movimento, a integração do sistema nervoso multissensorial alterada pode resultar em um pobre planejamento motor e uma dificuldade de realizar as tarefas mais simples.
Esses indivíduos que apresentam dificuldade em ajustar a sua força muscular e normalmente ativam músculos desnecessários para a estabilização, tornando os movimentos ineficientes.

A subutilização do nosso potencial motor é um dos principais aspectos que levam à uma perda do controle motor e mobilidade, criando um padrão compensatório desencadeando uma sobrecarga mecânica em regiões distantes, podendo futuramente gerar DOR OU LESÕES ESTRUTURAIS. Então muitas vezes as lesões que apresentamos podem ter origem na infância, no crescimento e nas maneiras que você estimulou (brincadeiras, esportes e espaço físico da sua infância).

Vamos brincar mais, se movimentar mais!!! Nunca é tarde!! Introduza mais brincadeiras, movimentos e diversidade de espaço para suas crianças, filhos, sobrinhos, irmãos pequenos.

MEXAM-SE!!!

  • Vidas Corridas -

Simone Perdigão

  • Profª Ed. Física, Formada Faculdade Dom Bosco Brasília;
  • Pós Graduada Fisiologia, Exercício, Treinamento personalizado com corredores e amadores;
  • Profª Ciclismo Indoor;
  • Corredora amadora;
  • CREF 017728-G/SC.

Comentários!

Comentários

Seja o primeiro a comentar! : )

Veja também

PAPO DE PROFISSA: Técnicas de execução para treinamentos de força!30/10/20 Há um componente fundamental para garantia de eficiência e segurança dos exercícios físicos, mas que costuma ser desprestigiado na academia: A TÉCNICA DA EXECUÇÃO. Os praticantes se preocupam mais com o tipo de exercício, a carga utilizada, o número de séries e repetições, mas como eles garantem que a técnica e......
PAPO DE PROFISSA: Como reconhecer e prevenir o overthaining?22/12/20Você sabe o que significa overtraining? A ideia de que quanto mais você treinar melhor será sua performance, pode levar a uma armadilha. Tudo na vida é questão de equilíbrio. O treinamento excessivo por um determinado tempo pode levar a um declínio......
PAPO DE PROFISSA: Por que o Pilates é essencial para os corredores?08/06/20Você conhece a importância do Pilates na vida do Corredor? Cada corredor tem uma maneira única de correr, de movimentar os braços, apoiar os pés no chão, girar o tronco e de respirar. Tudo isso tem a ver com a individualidade biológica. Mas existe uma forma correta de correr? Quais......

Voltar para Blog

  • Vidas Corridas -